Batizado como “Choco-Story New York: The Chocolate Museum and Experience with Jacques Torres” o famoso chefe francês Jacques Torres, decidiu abrir um museu do chocolate em Nova York, nos Estados Unidos.

Em uma área de 500 m², o local ensina como o cacau é cultivado e como o chocolate quente, bombons e ganache são preparados. “Decidi abrir o museu porque depois de ter iniciado a fazer chocolate, eu queria fazer todo o resto, começando pelos grãos de cacau”, afirmou Torres.


Primeira parte 
É focada na histórica, com diversos objetos e textos explicativos em inglês, espanhol e francês, a exposição conta como o chocolate fez parte da história de várias civilizações, o processo de fabricação de chocolate, além de informações sobre o cultivo do cacau e as principais regiões do mundo que produzem a fruta. 

Parte da experiência
Há duas demonstrações, cada uma acontece a cada meia hora, ou seja, a cada 15 minutos há uma demonstração. A primeira é sobre chocolate quente e há uma degustação ao final, e há seis variedades de chocolates espalhadas pelo local para degustar à vontade. Na segunda demonstração, a gente assiste ao processo de fabricação de bombons – com direito a degustação no final. O museu também conta com um espaço kids para as crianças se entreterem. 

Em breve será possível fazer aulas nas quais os visitantes vão aprender mais sobre o processo de fabricação de chocolate.

Local: 350 Hudson Street. Aberto de quarta a domingo, das 10 às 17horas.